Header Ministério Pessoal

Ministério Pessoal

Conheça a história da jornalista que desafiou a Deus e, hoje, é voluntária na Mongólia.
shutterstock_239763274

Em meio a dúvidas, Milena desafiou a Deus por meio de uma oração. Foto: Shutterstock

Quando você pensa no emprego dos sonhos, o que lhe vem à mente? Deixe-me apresentar o cenário: você está terminando o curso universitário, tem um excelente estágio e, então, o emprego dos sonhos chega a você e lhe convida a trabalhar. Parece absolutamente incrível, não?

Bem, era isso que pensava estar acontecendo em 2016. Eu me tornaria uma jornalista formada em dezembro daquele ano e, em agosto, um canal esportivo de televisão no Brasil me convidou para trabalhar com eles. Eu amo TV, e tinha tido experiências com produção quando eu fui voluntária no Hope Channel, nos Estados Unidos, entre 2012 e 2014. Não somente isso, eu venho de uma família de atletas, e cresci amando esporte. Então fiquei muito feliz por ver aquela oportunidade cair em meu colo.

As visitas persistentes de um pastor adventista levaram-na a repensar sua fé
Mulher-bomba é batizada em prisão africana

Amina recusou a primeira oferta do pastor de orar por ela. Disse que, antes, ele deveria orar por si mesmo. (Foto: Pixabay)

África Centro-Oriental… [ASN] Amina está cumprindo uma sentença de cinco anos de prisão na África Centro-Oriental, após ter sido presa ao se dirigir à Índia para explodir um grande prédio. Lá, as visitas persistentes de um pastor adventista do sétimo dia levaram-na a descartar sua compreensão fundamentalista do islã e ser batizada na Igreja Adventista algumas semanas atrás.

Amina havia planejado o ataque depois de ter sido ensinada por muçulmanos fundamentalistas de que estaria fazendo justiça e viveria no paraíso se eliminasse o mal. Ela estava em confinamento na solitária – uma cela isolada – devido à natureza de seu crime, quando o pastor a visitou pela primeira vez.

Atitudes de inclusão aliadas aos materiais de apoio estão atraindo mais visitantes
Jovem-faz-pós-graduação-para-auxiliar-surdos-na-igreja

Anna Paula (de blusa rosa com mangas compridas) com os surdos após umas apresentação musical que fizeram em Libras

Grajaú, MA… [ASN] Na cidade de Grajaú, na região sul do Maranhão, a igreja do bairro Canoeiro conta com 18 membros surdos batizados, frutos de uma congregação que apoia a inclusão social e da persistência de uma jovem administradora chamada Anna Paula Sá, que sentiu que deveria ser capacitada para ser intérprete durante dos cultos.

Leia mais:

Estima-se que no Brasil haja 9,7 milhões de pessoas com deficiência auditiva, segundo dados divulgados em 2010 pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O número despertou a preocupação e o interesse da Igreja Adventista, que nos últimos anos criou o Ministério dos Surdos para atender esse público. A partir disso, foram criados materiais em Língua Brasileira de Sinais (Libras), como, por exemplo, a Lição da Escola Sabatina, livro missionário, guias de capacitação para voluntários, Clube de Jovens, Pequenos Grupos e Calebes Surdos.