Livro conta a história do Soldado Adventista Desmond Doss
Entenda o Projeto e Participe!
CD Celebra São Paulo - Campal UCB 2016
Escolha a Sua!
Encontre uma Igreja
Inspiração Juvenil
Meditação da Mulher
Meditação Diária

Campanha reforça debate sobre prejuízos do álcool e drogas

No dia 27 de agosto de 2016, milhares de pessoas em oito países sairão às ruas para promover projeto educativo
Campanha-reforca-debate-sobre-prejuizos-do-alcool-e-drogas

Brasília, DF… [ASN] Desde 2002, a Igreja Adventista do Sétimo Dia tem promovido anualmente a campanha Quebrando o Silêncio, que busca discutir temas relacionados à violência doméstica e oferecer, por meio de materiais didáticos, fóruns, palestras e debates, caminhos que ajudem a restaurar famílias e indivíduos.

Leia também:

Projeto Quebrando o Silêncio entra no Palácio dos Bandeirantes

Neste ano, a ênfase está centrada nos prejuízos que o álcool e as drogas trazem para a sociedade, sobretudo como impulsionadores para o descontrole, que, de acordo com o Relatório Global Sobre Homicídios publicado em 2013, tem levado, sobretudo os homens, a tornarem-se agressivos e violentos. Nesta dia 27 de agosto de 2016, milhares de adventistas sairão às ruas de oito países sul-americanos para distribuir materiais, como a revista específica sobre o tema – que traz orientações e saídas para o problema (acesse bit.ly/revistaqs2016 e veja a versão digital) -, e convites a respeito de datas e locais onde será possível acompanhar outras atividades.

Igreja não é boate

A igreja não é boate

Antes de você ler este artigo, saiba que é bem-vindo à igreja com qualquer vestimenta. Algumas pessoas podem te olhar torto, mas Deus não faz isso. Porém, assim como planejamos o que vestir numa festa, apresentação de TCC, ocasião política, num encontro romântico e no trabalho, vale também ter uma atenção especial quanto às cerimônias religiosas. Quero também lembrar que a igreja promove a simplicidade e modéstia, que são princípios bíblicos, então as recomendações deste artigo não estão nada relacionadas à classe econômica de ninguém, mas servem como auxílio para qualquer indivíduo que tem interesse na conveniência, na elegância e no respeito. Você sabe que empresas podem exigir que seus funcionários vistam uniformes. Os parlamentares, por exemplo, devem usar terno e gravata. Em algumas repartições públicas, é proibida a entrada de pessoas com bermuda, chinelo ou roupa sem manga. Estas são regras de etiqueta, mas o bom senso vai além das normas. Por exemplo, você não costuma andar com roupa de banho no centro da cidade, nem com terno e gravata na praia. Então, como se portar na igreja?

O que está acontecendo com nossas garotas?

o-que-esta-acontecendo-com-nossas-garotas

Uma professora de crianças de três anos declarou que, ao saberem da festinha que teriam na classe, elas passaram semanas comentando que roupa usariam no dia. “Elas estão perdendo o desejo pela diversão e espontaneidade, preferindo a exibição e competição”, comentou. Você identifica esse tipo de comportamento ao seu redor? “Quanto mais as meninas concentram sua atenção na aparência, mais inseguras se tornam, porque não se desenvolveram o suficiente para ter um forte sentido de si mesmas”, afirma um trecho do livro O que está acontecendo com nossas garotas?, de Maggie Hamilton, especialista em comportamento. Muito inseguras, são suscetíveis a sugestões. Consideram a aceitação de seus colegas absolutamente crucial. Isso gera muita infelicidade, porque “encoraja as meninas a pensar que só o que importa é a aparência, a propriedade e a popularidade”, completa Maggie. A baixa autoestima e a baixa autoconfiança são cultivadas no sexo feminino na tenra idade. Os pais incentivam, mesmo que sem intenção, a ostentação e consumismo, garantindo que suas meninas tenham o máximo de desejos realizados.

Alerta Máxima - Outubro Rosa 2015

Outubro Rosa

como diminuir o risco de ter um câncer de mama?

Idade avançada e um histórico familiar de câncer de mama são os principais fatores de risco para o desenvolvimento da doença, embora somente em cerca de 10% dos casos de câncer de mama ocorram uma tendência familiar.

Manter um estilo de vida saudável é o principal passo para evitar a doença. Fazer uma dieta balanceada, rica em vegetais, evitar o consumo de gorduras de origem animal, manter o controle do peso, fazer atividade física, abster-se do álcool e tabaco, bem como evitar o estresse são medidas que se mostraram eficazes para reduzir o risco de desenvolvimento do câncer.

Leia Também:

Câncer De Mama - Outubro Rosa 2014

Confira abaixo os Vídeos de quem já Venceu o Câncer de Mama