Header Comunicação

Comunicação

ADRA inaugura projeto para egressos do sistema socioeducativo

Em parceria com o Ministério Público do Trabalho, projeto da ADRA oferece cursos profissionalizantes e pretende atender 600 jovens até o fim do ano
Projeto Reescrevendo Nossa História

Autoridades municipais, estaduais e federais participaram da inauguração do projeto Reescrevendo Nossa História Foto: Anne Seixas

Belém, PA … [ASN] Foi inaugurado nesta segunda, 27, o projeto Reescrevendo Nossa História. A ação é uma parceria entre a Agência Adventista Desenvolvimento e Recursos Assistenciais (ADRA) e o Ministério Público do Trabalho (MPT) do Pará. O espaço atenderá jovens e adolescentes egressos do sistema socioeducativo. A estrutura foi cedida pelo empresário Silas da Conceição, ex-detento que, ao mudar de vida, teve interesse em fazer algo por meninos que, a exemplo dele na sua juventude, um dia se envolveram com a criminalidade. O objetivo do projeto é reinserir esses jovens de forma saudável à sociedade, evitando a reincidência em atos infracionais.

Segundo Adriano Aureliano, diretor da ADRA Pará, serão oferecidos cursos de corte e costura, cabeleireiro, manicure, serviços elétricos, prática de esportes e atendimento psicológico e social. “Aqui será uma oportunidade de profissionalização para que eles possam ingressar no mercado de trabalho, então é uma grande oportunidade de eles poderem reescrever a sua história”, explica Aureliano. O projeto, por sinal, consta da página oficial em português das Organizações das Nações Unida (ONU).